Olaus [ou Ole ou Olaf] Christensen Römer [ou Roemer]
(1644 - 1710)
Físico e astrônomo dinamarquês nascido em Århus, Jutland, professor de astronomia da Universidade de Copenhagen (1681-1710), descobrindo (1676) que a velocidade da luz era finita, estimando-o inicialmente em 193 000 km/s. Foi educado em Copenhagen até a universidade, onde foi aluno dos mestres irmãos Thomas Bartholin (1616-1680), professor de matemática e de anatomia, e Erasmus Bartholin (1625-1698), físico e astrônomo. Após estudar matemática  e astronomia, tornou-se assistente pessoal de Erasmus Bartholin, morando em sua casa e finalmente tornando-se seu genro. Trabalhou (1671) com Jean Picard (1620-1682), que ficou impressionado com seus trabalhos e o convidou para vir morar e trabalhar em Paris. Passou a morar na capital francesa (1672) onde permaneceu por nove anos trabalhando no Observatório Real e fez importantes observações sobre Júpiter. Através da observação de variações dos períodos entre eclipses das luas de Júpiter (1679), que depende de sua distância à Terra, corrigiu o resultado para 350 mil quilômetros por segundo coincide de perto com o valor atualmente aceito e que fez com que se rejeitasse a idéia bastante aceita até antão, da instantaneidade da luz. No vácuo e chamada de c, é de 299.792.458 m/s metros por segundo. Após ficar um ano como assistente na Academia, em Paris, dela foi feito membro e nomeado tutor do Príncipe. Também elaborou os estudos básicos para criação da escala de Fahrenheit e morreu em Copenhagen.