John Raleigh Mott
(1865 - 1955)
   Pastor metodista e evangelizador estadunidense nascido em Livingston Manor, New York, Prêmio Nobel da Paz (1946) por seu trabalho internacional como religioso e em movimentos missionários, principalmente como presidente do Conselho Missionário Internacional e da Aliança Mundial das Associações Cristãs de moços, dividido com outro estadunidense Emily Greene Balch (1867-1961). Único filho homem entre as quatro crianças de John Mott e Elmira Dodge, mudou-se com a família para Postville, Iowa, onde seu pai tornou-se comerciante de madeira e foi eleito o primeiro prefeito da cidade. Aos dezesseis anos entrou para a Upper Iowa University, em uma escola preparatória metodista pequena, em Fayette. Estudante entusiástico de história e literatura, tornou-se excelente orador e se transferiu para Universidade de Cornell (1885) onde no ano seguinte representou a Young Men's Christian Associations da Universidade de Cornell no primeira conferência cristã internacional (1886) que juntou 251 representantes de oitenta e nove faculdades e universidades empenhados em trabalhar em missões estrangeiras, o que levou ao desenvolvimento do Student Volunteer Movement for Foreign Missions. Ainda estudante tornou-se secretário do comitê internacional da World Alliance da Young Men's Christian Associations, a YMCA, ocupando este cargo por mais de 25 anos (1888-1915). Foi um dos organizadores da Conferência Missionária Mundial de Edimburgo (1910) que marcou o começo do movimento ecumênico moderno e o qual resultou na formação do Conselho Mundial de Igrejas. Ele foi chairman do Student Volunteer Movement for Foreign Missions (1915-1928) e do International Missionary Council (1921-1942) e presidente da  World's Alliance de YMCAs (1926-1937). Escreveu extensivamente, os trabalhos dele inclusive The Future Leadership of the Church (1909) e The Larger Evangelism (1944) e morreu em Orlando, Flórida, aos 89 anos. Publicou vários livros como The Future Leadership of the Church (1909), The Present World Situation (1914), Confronting Young Men with the Living Christ (1923), Leadership of the Constructive Forces of the World (1931), Liberating the Lay Forces of Christianity (1932), The Present-Day Summons to the World Mission of Christianity (1932), Cooperation and the World Mission (1935) e The Larger Evangelism: The Sam P. Jones Lectures at Emory University (1944).

Figura copiada do site da FUNDAÇÃO NOBEL:
http://nobelprize.org/