Mitologia Grega: Tétis, a nereida
   Ninfa marítima e não a deusa do mar, a mais bela das irmãs Nereidas e mãe do grande herói grego, Aquiles, apesar deste poder ser considerado como descendente pessoal dos primordiais Terra e Céu por parte de seu pai, assim como do Mar por parte de sua mãe. Filha de Nereu e de Dóris e neta da Terra e do Mar, pela sua beleza, Zeus e Poseidon desejaram ambos conquistá-la, mas o oráculo revelou que se ela casasse com um deus daria à luz um filho mais poderoso do que o seu próprio pai. Ao tomar cohecimento da profecia, Zeus desistiu de possuir a ninfa, apesar de sentir muito desejo por ela, e se encarregou de fazê-la desposar um mortal. A escolha caiu em seu neto Peleu, filho de Éaco e rei dos mirmidões da Riótida, na Tessália. Todos os deuses foram convidados e todo o Olimpo assistiu às núpcias do casal, no monte Pélion, exceto Éris, que por vingança tramou o episódio que deu origem à guerra de Tróia. Segundo outra versão, Ela tentou tornar Aquiles imortal banhando-o no Styx, o rio dos mortos. Desta forma ela assegurou a proteção da imortalidade a todo o corpo do herói, com exceção do calcanhar pelo qual ela o segurava ao banhá-lo e que não foi lavado pelo Rio. Segundo uma versão também deu ao seu esposo sete filhos, mas segundo a versão mais conhecida, a deusa foi mãe apenas de Aquiles.

Figura copiada da página A LUTA DOS DEUSES:
http://www.geocities.com/alspoli/deuses.html
 




Mitologia Grega: Tétis, a deusa


A deusa do mar, a mais jovem das Titânidas, filha de Urano, o Céu, e de Gaia, a Terra. Seu nome em grego significa ama, nutriz, por ser a deusa da água, matéria-prima que, segundo uma crença antiga, entrava na formação de todos os corpos. Segundo lendas, com auxílio do gigante Egeon, libertou Zeus, depois deste ter sido amarrado pelos outros deuses. Personificação da fecundidade do mar, casou-se com o seu irmão Oceano e foi mãe de três mil rios e de três mil ninfas, as chamadas Oceânidas. Dão-lhe ainda como filhos, não somente os rios e as fontes, mas também Proteu, Etra, mãe de Atlas, Persa, mãe de Circeu, etc. Foi avó da nereida Tetis, a filha de Nereu e mãe de Aquiles, e com quem não deve ser confundida. Costuma ser representada em um carro em forma de uma divina concha de uma brancura de marfim nacarado. Quando percorre o seu império, esse carro, é puxado por cavalos-marinhos brancos flutuando sobre a superfície das águas e é acompanhada pelos Tritões que tocam trombeta com as suas conchas recurvas, e pelas Oceânidas coroadas de flores. Sua cabeleira esvoaça pelas espáduas, ao capricho dos ventos e, ao seu redor dela, delfins saltitam no mar. Na astronomia Tétis é o nono dos satélites conhecidos de Saturno.

Figura copiada do site MITOS DEL CIELO:
http://mitosdelcielo.iespana.es/catala/tetis2cat.htm