Mitologia Grega: Híperion
O titã-Sol, o Que viaja pelo alto, o Fogo Astral, filho de Gaia e Urano, os primitivos senhores do universo, e o quarto titã a nascer, que se tornou uma divindade solar predominante de povos primitivos, que desempenhou papel secundário na era clássica, e que nos escritos do historiador Homero aparece com o epíteto do próprio Sol. Casou-se com sua irmã, a titânia Téia, sendo pai de Hélio, Selene e Eos, a tríade fundamental das grandes divindades siderais. Tanto era identificado com Hélio quanto este com ele. Os demais Titãs, movidos pela fúria da inveja, lançaram o belo e feliz Hélio, o Sol, às água do Erídano. A bela Selene, a Lua, ao tomar conhecimento do trágico destino do irmão, suicidou-se. Diante de tanto sofrimento, Téia não acreditava que o filho estivesse morto e pôs-se a procurá-lo, noites e dias seguidos, as águas negras do Erídano, até que adormeceu fatigada e, em sonho, o Sol apareceu-lhe e pediu-lhe que não chorasse mais, pois agora ele vivia no Olimpo, ao lado de Lua, junto dos imortais. Ao acordar, ela olhou para o alto e viu seus filhos lá, iluminando tanto o sofrimento como a alegria dos mortais. Assim, todo dia, o Sol acompanha o dia, a Lua acompanha a noite, e sua irmã Eos, a Aurora, vem antes do Sol, anunciá-lo.

Resenha
Os Titãs foram 12 dos filhos de Gaia e Urano, dos quais seis eram masculinos, a saber, Oceano, Ceo, Crio, Hipérion, Jápeto e Cronos, e seis femininos, nomeados como Téia, Réia, Têmis, Mnemósine, Febe e Tétis. Eles ainda tinham como irmãos os três Hecatonquiros, monstros de cem mãos que geravam os terremotos, e os três Ciclopes, criadores dos relâmpagos. Estes dois últimos grupos de irmãos foram injustiçados pelo pai e mandados para prisões, porém contaram com o apoio da mãe que instigou entre seus filhos a revolta contra Urano. Cronos, o mais jovem, assumiu a liderança da revolta e destituiu o pai e todos os titãs foram libertados e aclamaram Cronos como rei. Este, quando no trono, desposou sua irmã Réia e voltou a prender os irmãos não titãs, os hecatonquiros e os ciclopes, no Tártaro. Ambos foram pais de seis deuses do Olimpo, entre eles Zeus, que destronou o malvado pai e se tornou o soberano dos deuses e passou a governar o universo a partir do místico monte.

Curiosidade
É o nome dado ao décimo sexto dos satélites conhecidos do planeta solar Saturno, e foi descoberto (1848) pelos astrônomos William Cranch Bond (1789-1859), estadunidense, e William Lassell (1799-1880), britânico.