Casimir Funk, née Kazimierz Funk
 (1884 - 1967)
Bioquímico polonês nascido em Varsóvia e naturalizado americano (1920) cujas pesquisas levaram a descoberta de que certas doenças tinham origem na deficiência de vitaminas no organismo (1912). Ph.D. na Universidade de Berna, Suíça (1904), no ano seguinte foi para os Estados Unidos onde se naturalizou (1920). Creditado com a descoberta de vitaminas, despertou o interesse público com o seu paper pioneiro sobre doenças decorrentes da deficiência de vitaminas (1912). Ele cunhou o termo vitamina e depois postulou a existência de quatro dessas tais substâncias, a B1, B2, C e D, as quais declarou serem necessárias para uma saúde normal e para a prevenção de doenças provocadas pelas suas deficiências. O bioquímico polaco criou o termo vitamina como uma combinação de termos latinos vita = vida e amina = composto orgânico contendo nitrogênio, para designar os fatores existentes nos alimentos, essências para a manutenção da vida. Depois verificou-se que nem todas as vitaminas contêm nitrogênio, mas o termo não foi mais revertido. Também contribuiu para o conhecimento dos hormônios da glândula pituitária e as glândulas de sexo e enfatizou a importância do equilíbrio entre hormônios e vitaminas. Pesquisador da U.S. Vitamin Corporation, New York City (1936-1967) e autor do livro Vitamines (1922), morreu em New York City (1967).